logoheader
logoheader
Untitled Document

 

Baía Formosa

Distância de Natal: 96 km
Distância de João Pessoa: 110km
Distância de Recife: 220 km
Vias de acesso: BR 101 pela RN 062
Pela praia (consulte a tábua de marés)

Pela BR 101
Vindo no sentido Natal, João Pessoa pela BR 101, vire a esquerda 3 km após Canguretama, ao lado do posto de gasolina, (RN 062) siga em frente por mais 17 km.

Vindo no sentido João Pessoa, Natal, pela BR 101 vire a direita antes do posto de gasolina desativado, 3 km antes de Canguaretama, (RN 062) siga em frente por mais 17 km.

Pela praia
Você ainda pode vir pela praia, um passeio lindo, que vale a pena ser feito. Caso você decida por este percurso tenha certeza que está com um veículo adequado (buggy ou 4x4) e em condições, verifique a tábua de marés antes de vir, pois em muitos trechos a passagem só é possível com a maré seca!!!

De Natal a Baía Formosa pela praia
Vá pela rota do sol até Barreta, agora você tem duas opções, ir pela praia ou pelas dunas, caso você não conheça o percurso pelas dunas vá pela praia, cuidado com a maré, após 10 km, no fim da praia, na barra do rio Guaraíras, pegue a balsa até Tibau (R$ 7,00 para buggy, R$ 10,00 para 4x4). Já em Tibau vá até Pipa, atravesse a cidade e siga pelo Chapadão até Sibauma. Em Sibauma pegue uma pequena balsa (R$ 6,00) e vá pelo asfalto até Barra de Cunhaú, pegue outra balsa (R$ 9,00) até o outro lado do rio Cunhaú. Muita atenção agora, pois este trecho só é possível ser feito com a maré seca, vá pela praia por mais 10 km e pronto, você está em Baía Formosa e curtiu um dos mais belos passeios do Rio Grande do Norte!

Temos serviço de translado. Natal - Pousada | Pousada - Natal. Consulte-nos

Obs.: os preços das balsas podem ser alterados a qualquer instante. Nunca dirija pela praia se você não tiver experiência e um veículo adequado. Nunca dirija em uma praia proíbida ao tráfego, pois esta pode ser berço de uma série de espécies de animais como tartarugas marinhas e aves.

Quer ver mais fotos? Visite nossa galeria. CLIQUE AQUI!

Site desenvolvido por: Waldelino Duarte